Mais de 3 mil ovos foram destinados a entidades estaduais.


Internos das Unidades Prisionais de Ressocialização Feminina (UPFEM) e do Olho d’Água (UPODA) trabalharam na produção de ovos de Páscoa que foram destinados a entidades beneficentes atendidas pelo Governo do Estado.

Desde o dia 2 de Abril até o último final de semana foram produzidos mais de 3 mil ovos de chocolate nas padarias instaladas nos sistemas prisionais, em uma média de 250 a 300 unidades por dia. Os internos são responsáveis não apenas pela confecção dos ovos, bem como pela limpeza das embalagens, da contagem das peças produzidas e a posterior limpeza das áreas de trabalho.

Entre as entidades que receberam os ovos de chocolate estão a Casa da Mulher Brasileira, instituição que acolhe mulheres em situação de violência doméstica, e as crianças e adolescentes atendidas pela Fundação da Criança e do Adolescente (Funac). Creches e secretarias de Estado que solicitaram os ovos para doação também receberam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor insira seu nome