O Governo do Maranhão reforça ações de prevenção contra o câncer no estado. A Unidade Móvel de Saúde – Carreta de Barretos, ligada à Secretaria de Estado da Saúde (SES), permanece na Unidade Prisional de Ressocialização Feminina do Sistema de Ressocialização de Apenados até o próximo sábado (16) para atendimento das internas e das servidoras do local.

Cerca de 350 internas e 210 servidoras devem ser atendidas na carreta itinerante, que ficará localizada no estacionamento da unidade prisional. Será feita a coleta de exames citopatológico (Exame de Papanicolau) e o rastreamento de câncer de boca (com e sem biópsia). Os atendimentos acontecem pela amanhã e a tarde. A ação é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP).

“As políticas públicas de saúde devem ser acessadas por toda população e isto inclui as mulheres que estão cumprindo algum tipo de pena. Dar a possibilidade de exercer a cidadania é um passo para a ressocialização delas também”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Os exames estarão disponíveis a todas as internas que desejarem participar, mesmo aquelas que não possuírem documento de identidade ou cartão do SUS, que poderá ser emitido através dos técnicos da unidade móvel de saúde no local da ação.

“As apenadas cujos exames apresentarem alterações que necessitem de intervenção de médico especialista terão consultas agendadas pelo Departamento de Qualidade e Projetos em unidades de saúde de referência do Estado, sendo comunicado data, local, horário e profissional médico, de maneira antecipada à pessoa responsável na unidade prisional”, informa supervisora geral da carreta, Nayanne Lara.

Os resultados dos exames realizados serão entregues em até 30 dias após a finalização da ação diretamente ao supervisor de gestão de pessoas da unidade prisional José Guimarães Neto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor insira seu nome