O Governo do Maranhão assinou, no último dia 23 (quinta-feira), na Casa do Maranhão, a portaria conjunta entre as Secretarias de Estado da Educação (Seduc), Extraordinária de Igualdade Racial (SEIR) e Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), criando o Programa de Conscientização e de Promoção da Igualdade Étnico-Cultural, no âmbito de toda a rede estadual de educação, que tem como objetivo principal o combate ao racismo e desenvolvimento de uma cultura de paz.

A assinatura da portaria contou com a presença do Governador Flávio Dino e dos secretários Felipe Camarão (Educação), Gerson Pinheiro de Souza (Igualdade Racial) e Francisco Gonçalves (Sedihpop), além representantes de Organizações da Sociedade Civil.

O programa consiste na promoção de campanhas nas escolas da rede estadual de ensino para promover a conscientização sobre as diversas etnias que se fazem presentes no Estado do Maranhão, para fortalecer a auto identificação dos povos e comunidades tradicionais e fomentar a igualdade racial com vistas a enfrentar o preconceito e promover o respeito à diversidade.

“Mais um ano de lutas com ações e conquistas políticas que demonstram que nós temos muito respeito não apenas com palavras, mas um respeito concreto, e, por isso, estamos avançando muito no nosso Governo”, disse o governador, citando como exemplo a implantação das cotas raciais em concursos públicos no primeiro ano de sua gestão e tantas outras ações.

“Esse programa será um reforço enorme às atividades que já são desenvolvidas nas escolas dentro do conteúdo transversal, trabalhando a questão de direitos, igualdade, preconceito racial, cultura de paz. Agora, teremos ações mais sistemáticas de conscientização. O governo do Maranhão que conhecimento e educação são, sem dúvida, a principal via para vencermos o preconceito em todos os aspectos, para formarmos cidadãos mais conscientes e capazes de entender e respeitar as diversidades”, destacou Felipe Camarão.

No prazo de trinta dias será constituído um Comitê Estadual com representações dos órgãos estaduais envolvidos. O comitê será diretamente vinculado à Secretaria de Estado Extraordinária de Igualdade Racial e à Seduc.

“O Maranhão é um estado plural em todos os aspectos, e principalmente quando se fala da diversidade étnica. E a melhor maneira de termos uma sociedade consciente, capaz de conviver e respeitar as diversidades é trabalhando essa temática no dia a dia da escola, com as crianças, adolescentes e jovens, para que possam ser adultos conscientes e tolerantes. Então esse programa é muito bem-vindo e mostra a preocupação do Governo Flávio Dino com a convivência respeitosa e harmônica na nossa sociedade”, pontuou Gerson Pinheiro.

Fonte: Governo do Maranhão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor insira seu nome