Campanha estimula doadores a aumentar os bancos de sangue do país.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabeleceu o dia 14 de Junho como o Dia Mundial do Doador de Sangue, em 2014. Por isso, criou-se a campanha Junho Vermelho tem o objetivo de promover durante todo o mês alertas sobre a importância de realizar a doação de sangue durante todo o ano.

Nesse período, os bancos de sangue se encontram desfalcados, devido à temporada de doenças respiratórias e uma baixa nos estoques de sangue: em média, 30%.

Entretanto, no mesmo período, ocorre um esperado aumento da demanda, pois, nestes meses, acontecem mais acidentes de trânsito decorrente à época das férias.

Índices

São coletadas no Brasil cerca de 3,6 milhões de bolsas por ano, o que corresponde a de 1,8% da população doadora – um índice abaixo do recomendado da OMS, que fica entre 3% e 5%.

Cada bolsa de sangue pode salvar a vida de até quatro pessoas. O volume a ser coletado deve ser, no máximo, de 8 mL/kg de peso para as mulheres e de 9 mL/kg de peso para os homens, distribuídos aos hospitais para atender casos de emergência e pacientes internados.

Requisitos

Para doar sangue, o candidato deverá estar bem alimentado e evitar ingestão de comida gordurosa nas quatro horas que antecedam a doação. Quanto ao consumo de bebidas alcoólicas, o mínimo necessário é um jejum de 12 horas antes da doação.

É preciso ter entre 16 e 69 anos, acima de 50 quilos e estar bem de saúde, bem como com a frequência cardíaca, temperatura e pulso regulares. É importante também ter dormido por seis horas, no mínimo.

Quanto aos idosos, ocorre somente se já tiver doado antes dos 60 anos e respeitar o intervalo de seis meses entre elas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor insira seu nome